sábado, 7 de junho de 2008

A Verdadeira história da Barbie


Nova pagina 1

Boneca Barbie

Nunca um brinquedo refletiu tão bem o comportamento de uma época quanto a quarentona Barbie, uma boneca que acompanhou todas as mudanças dessas últimas quatro décadas. Ela é rica, bonita, famosa, inteligente e está sempre na moda. Tem o namorado perfeito e muitos amigos que a adoram. O mundo Barbie é cor-de-rosa, feito de sonhos e fantasia, onde tudo é possível. É o que garante o slogan "be anything".

A Barbie é um sucesso absoluto, tanto em vendas [é a boneca mais vendida no mundo. São 120 milhões de exemplares a cada ano, o que significa que duas Barbies são vendidas por segundo] quanto em popularidade [ela é a queridinha de crianças e adultos de todo lugar].


Primeira Barbie, de 1959


Barbie anos 50


Boneca da modelo Twiggy, símbolo dos anos 60


Barbie anos 60


Barbie anos 70


Barbie fitness, febre dos anos 80


Becky, a amiga paraplégica (1997)


Modelo comemorativo 40 anos Barbie (2000)

História

Foi Ruth Handler, esposa de Elliot Handler [fundador da empresa norte-americana Mattel] quem teve a idéia de fabricar uma boneca adulta, que até então só existia em papel [na verdade, a boneca alemã Lili, feita de celulóide, é anterior à Barbie e pode ter inspirado Ruth Handler]. Mãe de três filhos, Ken, Skipper e Barbara, ela não teve dúvida quanto ao nome da nova boneca: Barbie, o diminutivo de Barbara. Mais tarde, Ken viria ser seu namorado e Skipper sua irmã-boneca.

Encomendada ao designer Jack Ryan, em 1958, ela foi lançada oficialmente na Feira Anual de Brinquedos de Nova York, em 9 de março de 1959. Barbie foi apresentada como uma modelo teenager vestida na última moda. Aliás, a imagem da boneca sempre foi a de uma top model, símbolo de sucesso, beleza e juventude.

Loura e vestida com um maiô listrado em preto e branco, a boneca nasceu com o corpo de manequim, longas pernas e cintura fina, as medidas perfeitas para os seus 29 cm de altura.

Ela já trazia modelos de roupas e acessórios que podiam ser trocados, ou seja, tudo o que pudesse identificar o universo jovem dos final dos anos 50: vestidos rodados, calças cigarrete, luvas e até um modelito para ir ao trabalho como designer de moda (1960).

A moda dos últimos 40 anos pode ser contada através da Barbie e sua coleção de estilos e modelos. Sempre na última moda, ela reflete as mudanças do mundo feminino. Em 1961, ela ganhou um namorado, o Ken, que tinha o tipo do ator de cinema Troy Donahue. Ken também sempre acompanhou a moda da época, munido de vários modelos e acessórios, além de variar o corte do cabelo de acordo com o último estilo jovem.

Os anos 60 corriam e a Barbie era a típica garota americana, com seu twin-set de lã e faixas no cabelo [perucas que vinham em três cores: loura, castanha e ruiva]. Em 1962, se vestiu de Jacqueline Kennedy, exemplo de elegância e bom gosto, com o famoso tailleur cor-de-rosa.

O desenvolvimento de uma cultura genuinamente jovem, as mudanças na moda, música e estilo de vida chegaram até ela. Surgiu Twiggy, em 1967, vestida de tubinho mini [claro] e botas amarelas, no melhor estilo londrino da época, moderna e divertida. Em 1965, ela ganhou pernas flexíveis e, em 1968, seu rosto ganhou um aspecto ainda mais jovem, com longos cílios e olhos azuis. Fechando a década, roupas floridas, estampas psicodélicas, grandes óculos e uma nova amiga, a primeira boneca negra, Christie (1969).

Durante os anos 70, assim como a juventude da época, Barbie acreditava na paz universal, fazendo música e explorando formas alternativas de viver. As minis, viraram midis e maxis. Os cabelos cresceram e o visual se tornou hippie. Em 72, ela ganhou um trailer, passaporte para uma vida mais próxima à natureza, com suas saias de retalhos e vestidos românticos estilo Laura Ashley.

Também havia o estilo Malibu (71), de pele bronzeada, cabelos louros bem claros e pronta para surfar.

Com o sucesso da onda disco, Ken ganhou uma versão John Travolta [no filme "Embalos de Sábado à Noite"]. O casal encarnou várias celebridades da época, sempre com muito brilho e sucesso, a bordo de seu novo carro - um modelo rosa-choque esportivo.

Os anos 80 foram marcados pelo glamour e mistura de proporções das roupas. Barbie apareceu em versão seriado Dallas, com cabelo estilo Farrah Fawcet, tudo com muito glitter e lábios vermelhos. Mangas bufantes e blusas transparentes faziam parte do figurino. Em 1982, a maquiagem virou item obrigatório e já fazia parte dos acessórios da boneca.

A mania fitness da década, o estilo alegre das roupas, a mulher de negócios, o glamour dos modelos de festa, os símbolos pop da época, como Madona e Whitney Houston, tudo isso fazia parte do mundo Barbie dos anos 80.

Barbie chegou aos 90 dirigindo uma Ferrari, se divertindo, cantando e dançando. Seus cabelos estavam mais compridos que nunca e suas roupas cada vez mais sofisticadas. Em 1992, sempre politicamente correta, ela se candidatou à presidência dos Estados Unidos.

Entre os diversos estilos adotados por ela, estavam a Barbie rap, roqueira, salva-vidas, médica, dentista, ginasta e uma super-Barbie, com capa cor-de-rosa. Em 1996, ela ganhou uma amiga paraplégica, Becky, que vinha com uma cadeira de rodas.

Ken, o eterno namorado, não ficou para trás, ganhou uma versão Brad Pitt em 1999. Nesse mesmo ano, as tops Claudia Shiffer e Naomi Campbel também ganharam suas versões da boneca.

Dotada de um corpo mais flexível, Barbie chegou ao ano 2000 como uma mulher moderna, que trabalha, e por isso precisa de vários novos acessórios, como computador e celular.

Um modelo comemorativo foi lançado para comemorar os 40 anos da boneca, que vem usando um vestido longo preto com detalhes em prata e um buquê com 40 rosas vermelhas. Um luxo!!!

A Barbie de hoje reflete o comportamento e os desejos das garotas de todo lugar. Ela pode ser o que quiser, sempre com estilo e claro, na última moda.

Fonte: almanaque.folha.uol.com.br

Barbie

A Barbie é uma boneca, cuja criação é datada de 9 de Março de 1959, produzida pela Mattel.

A história da Barbie

A Barbie foi criada por Ruth Handler e o seu marido Eliot em 1936, sendo esta uma ideia de Ruth que sempre via a sua filha Bárbara brincando com bonecas de papel que trocavam de roupa, foi então que lhe surgiu a idéia de criar uma boneca que trocasse de roupa, usando uma modinha e também com uma feição adulta diferente das bonecas da época.

Lançamento

Encomendada ao designer Jack Ryan, em 1958, ela foi lançada oficialmente na Feira Anual de Brinquedos de Nova York, a 9 de Março de 1959. A imagem da Barbie sempre foi a de uma top model, símbolo de beleza e juventude.

Ruth e Eliot Handler eram donos da empresa de brinquedos Mattel, fabricando a Barbie que foi vendida a 3 dólares os primeiros exemplares, que teve 340.000 bonecas do primeiro exemplar

Logo após o seu sucesso de vendas foram criadas outros modelos de Barbies e logo a Barbie também ganhou uma família: em 1961 chega seu namorado Ken.

Ken

Ken também sempre acompanhou a moda da época, e variava o corte do cabelo de acordo com o último estilo.

Anos 60

A Barbie também é a primeira a ser maquiada e cheia de acessórios. Continuando a trajetória em 1960 lança novos modelos agora ainda mais inspirados na moda contemporânea como a Moda de 1950.

Os anos 60 corriam e a Barbie era a típica garota americana, com seu twin-set de lã e faixas no cabelo e perucas que vinham em três cores: loura, castanha e ruiva.

Em 1962, se vestiu de Jacqueline Kennedy, exemplo de elegância e bom gosto, com o famoso tailleur cor-de-rosa.
Em 1965, ela ganhou pernas flexíveis.
Em 1968, seu rosto ganhou um aspecto ainda mais jovem, com longos cílios e olhos azuis. Fechando a década, roupas floridas, estampas psicodélicas, grandes óculos e uma nova amiga, a primeira boneca negra, Christie 1969. Também começaram a ser criadas as Barbies de Lingerie.

Anos 70

Durante os anos 70, criou se mais uma "amiga" da Barbie, Stacy. E a Barbie inspirada pela juventude e influenciada pela época, adotou um visual hippie. Foi criado também o estilo Malibu em 1971 de cabelos louros e claros e pele bronzeada. Ken também ganhou uma versão John Travolta inspirada na onda Disco e no filme "Embalos de Sábado à Noite". O casal encarnou várias celebridades da época, a bordo de seu novo carro um modelo rosa-choque esportivo. Em 1972, ela ganhou um trailer, passaporte para uma vida mais próxima à natureza, com suas saias de retalhos e vestidos românticos estilo Laura Ashley.

Anos 80

Os anos 80 foram marcados pelo glamour e mistura de proporções das roupas. Barbie apareceu em versão seriado Dallas com muito glitter e lábios vermelhos. As roupas foram marcadas por transparências e mangas bufantes. A maquiagem tornou-se mais obrigatória ainda e a Barbie se tornou muito mais glamurosa. Foi nesse período que iniciou-se a produção de bonecas para colecionadores. Em 1980, teve início a coleção étnica, com Barbies vestidas de roupas típicas de vários países. Exemplos: México, Chile, Jamaica,Brasil, Inglaterra, Holanda, França, Itália, Japão e Nigéria. Ela se veste tambem como pessoas famosas.

Anos 90

Barbie em 1990 chegou dirigindo uma Ferrari, se divertindo, cantando e dançando. Seus cabelos estavam mais compridos que nunca e suas roupas cada vez mais sofisticadas. Em 1992, sempre politicamente correta, ela se candidatou à presidência dos Estados Unidos.

Em 1996, ela ganhou uma amiga paraplégica, Becky, que vinha com uma cadeira de rodas.Ken ganhou uma versão Brad Pitt em 1999. No mesmo ano, foram lançadas Barbies com rostos de modelos famosas como Naomi Campbell. Para comemorar os 40 anos da Barbie também lança uma nova e exclusiva. A Barbie é feita pela Mattel

Atualmente

A influência da Barbie nos dias de hoje é visível e sem dúvida marcante, sempre existem comparações e citações da boneca mais vendida do mundo o tempo todo, sempre alguém é chamada de Barbie por estar vestida de rosa, ou por ser loira isso prova que a Barbie cria uma linha de preocupação estética, beleza e cria um padrão de beleza e também influencia a sociedade a querer ser como a musa, pois ela é bonita, inteligente, amiga, companheira, meiga e politicamente correta. A Barbie marcou gerações inteiras e continua a marcar essas gerações devido a personalidade que foi criada para ela e sua beleza, todas querem parecer com a Barbie, todas querem ser a Barbie. A Barbie acabou gerando uma nova conduta em mulheres e crianças e criou uma nova identidade social que é perceptível em crianças, adolescentes e mulheres do mundo todo, mesmo sendo uma boneca originalmente estadunidense. A boneca encantou gerações passadas desde sua criação e encanta todas as gerações posteriores, a Barbie é sem dúvida uma das maiores influências das crianças e adolescentes, e devido a criação de uma linha de produtos com a marca a Barbie tende a invadir cada vez mais a sociedade e estabelecer seu lugar fixo de influencia na identidade cultural e social.

O nome Barbie foi dado em homenagem à filha do casal que se chama Bárbara e seu apelido era Barbie.
A idéia de uma boneca com feição adulta, segundo Ruth, era inspirado no fato de que quando criança, você sempre quer crescer e se tornar uma mulher adulta.
Em Julho de 2007, a matel lança a nova geração de BARBIE, que é uma mistura de boneca virtual com tocador de MP3

Filmes

Filmes que utilizaram a imagem da Barbie:

Barbie em O Quebra Nozes
Barbie, Princesa Rapunzel
Barbie em O Lago dos Cisnes
Barbie em A Princesa e a Plebéia
Barbie Fairytopia
Barbie e a magia de aladus
Barbie Fairytopia Mermaidia
O Diário da Barbie
Barbie em As 12 Princesas Bailarinas
Barbie Fairytopia A Magia do Arco-Íris

Fonte: pt.wikipedia.org

Barbie

Foi em 1959, ao lado do marido Elliott, que D. Ruth Handller fundou a Mattel.
Naquela época só existiam bonecas com rosto de bebê, então surgiu a idéia de criar uma boneca adolescente.

O nome Barbie, veio do apelido da filha Bárbara. Logo ela se tornou uma sensação mundial vendendo mais de 340.000 bonecas do primeiro exemplar.

Em 1959 foram vendidas 351.000 bonecas, hoje a Primeira Barbie é avaliada em até R$ 15.000,00, segundo colecionadores.

A Barbie já usou muitas modas, foi a primeira boneca do mundo que dobrava a perna e também a primeira a ser maquiada.

Ela foi mudando de jeito e de cara para agradar sempre mais as meninas de todos os lugares.

Até hoje ela permanece entre as bonecas mais vendidas no mundo.

Curiosidades

A cada três segundos, uma boneca Barbie é vendida no mundo

A boneca Barbie é vendida em 120 países.

A boneca mais vendida, com mais de 10 milhões de unidades, foi Totally Hair, com cabelos até os pés.

Outras companheiras vieram com os anos:

Christie (1968) Stacy (1970), Teresa (1988), suas irmãs Skipper (1964), Stacie (1992), a Kelly (1995) e muitos outros.

A primeira barbie Collectible foi lançada em 1986, a Blue Rhapsody.




5 comentários:

nanda disse...

essiaD+!!!!!!!!!!!!!!

perfect disse...

A BARBIE É HIPER DAORA E AGORA QUE A HISTÓRIA ESTÁ ESCLARECIDA,NIMGUÉM PODE MAIS SE PREOCUPAR COM AS BOBEIRA QUE O POVO FALA

Vitória disse...

essa historia da barbie e incrivel

Bruna disse...

ñ sabia a historia da barbie é linda

mailla steffani disse...

a barbie é super d + ,pr mim os criadores da barbeie e da fabrica mattel sao jeniais, obrigada a vcs criadores da mattel por inventar varias barbies q as vezes por conhecidencia tenham as mesmas caracteristicas q as nossas